Máscaras do JM esgotaram cedo em alguns postos

A máscara oferecida com a edição de hoje do JM esgotou logo cedo em alguns postos, nomeadamente no centro do Funchal.

A grande procura do JM com uma máscara cirúrgica por edição fez assim esgotar a oferta bem cedo em vários dos postos de venda. Sobretudo nas zonas mais movimentadas da cidade, como a Fernão de Ornelas, o Anadia, a Rua da Queimada e até em algumas grandes superfícies, a edição de hoje rapidamente saiu das bancas.

O mesmo aconteceu noutros postos de venda nas zonas mais afastadas do centro, nomeadamente em São Martinho e noutras localidades.

Neste momento, estarão ainda disponíveis algumas edições com máscara em postos de venda menos frequentados, nomeadamente nas zonas altas ou em áreas rurais onde habitualmente pode encontrar o seu Jornal.

Com mais sorte estão os assinantes do JM que receberam uma máscara cirúrgica em casa, esta manhã, juntamente com a habitual distribuição matinal do Jornal.

Recorde-se que a edição impressa do JM está à venda em dezenas de locais, entre supermercados e tabacarias. Porém, esta edição não está à venda nas instalações do Jornal.