Covid-19: Esmagadora maioria dos casos na Madeira resultaram de incumprimentos

Miguel Albuquerque lembrou, há momentos, que as medidas de restrição serão intensificadas, nomeadamente a limitação da circulação de pessoas entre concelhos.

E pediu mais um sacrifício a todos os residentes para que cumpram as medidas impostas pelo Governo, que considera terem sido suficientes para “manter até agora sob controlo a disseminação massiva da pandemia na Região”.

Lembrou, a propósito, que a “esmagadora maioria dos casos” resultaram do não cumprimento escrupuloso das regras de distanciamento local e de isolamento”.

Agradeceu ainda às autoridades de saúde e forças de segurança pelo trabalho que tem sido feito, sublinhando também que os madeirenses e porto-santenses têm cumprido, regra geral, as regras.