PSP utiliza megafone para dispersar grupo de pessoas no cais de Câmara de Lobos

Edmar Fernandes

A PSP foi obrigada a utilizar um megafone em Câmara de Lobos para fazer ouvir a ordem de que não estão permitidas aglomerações de pessoas durante o estado de emergência.

Um grupo de sensivelmente 10 pessoas reuniu-se no cais de Câmara de Lobos durante a manhã de hoje, infringindo as regras em vigor. A PSP, obrigada a intervir, obrigou as pessoas a dispersarem rapidamente, recorrendo a um megafone para o efeito.

Todas foram encaminhados para casa, com um aviso forte de que não poderão voltar a repetir qualquer situação de ajuntamento sob pena de serem autuados.

Recorde-se que não estão permitidas saídas de casa para convívios. As pessoas têm autorização para sair com a justificação de comprar bens de primeira necessidade, atividade física não coletiva, passear animais, ou outras situações de exceção.