Ireneu Barreto ficará em quarentena voluntária quando voltar à Madeira

Alberto Pita

O representante da República para a Madeira deslocou-se hoje a Lisboa, mas quando regressar à Madeira ficará em quarentena voluntária, informou fonte do gabinete de Ireneu Barreto.

Ao que apurou o JM, Ireneu Barreto irá cumprir todas as regras definidas para a população e, à semelhança do Presidente da República, também se sujeitará a quarentena voluntária.

A viagem a Lisboa aconteceu no Falcon da Força Aérea, para uma reunião ou reuniões – ainda não está confirmado se com o Presidente da República, com o primeiro-ministro ou com ambos -, no mesmo dia em que entraram um vigor um conjunto limitações aos direitos, liberdades e garantidas dos portugueses, por força da declaração do estado de emergência para combater ao covid-19.

O JM ainda não conseguiu apurar para quando está previsto o regresso à Madeira de Ireneu Barreto, mas sabe-se, no entanto, que a quarentena voluntária será cumprida na sua residência.