Empresas de construção continuam em funcionamento mas com plano de contingência

A Secretaria Regional de Equipamentos e Infraestruturas esclarece, através de comunicado, que as obras do Governo Regional, neste momento, decorrerão com a normalidade possível, considerando este momento excecional que vivemos.

"Tal como a Administração Pública, as empresas de construção, nas obras em execução e futuramente a iniciar, serão obrigadas a implementar o seu plano de contingência, reduzindo, desta forma, o número de trabalhadores nas obras e adotando as medidas preventivas já amplamente divulgadas pelo Serviço Regional de Saúde e Proteção Civil".

O comunicado refere ainda que "o Governo Regional, reunido hoje, dia 19 de março de 2020, decidiu interditar a deslocações do domicílio, excecionando as que se relacionem com o desempenho de atividades profissionais que exijam deslocações entre o domicílio e o local de exercício da atividade profissional, quando essenciais para o exercício de atividades que não possam ser organizadas na forma de teletrabalho, ou viagens profissionais que não podem ser diferidas".

Asim, conclui a nota da Secretaria Regional de Equipamentos e Infraestruturas, "sendo esta situação muito dinâmica, os calendários poderão ser alterados, em função da forma como essa situação for evoluindo".