Assinado protocolo de cedência de instalações à Associação de Produtores do Porto Santo

O Município do Porto Santo celebrou esta semana um protocolo de cedência de um espaço para as instalações físicas da APIPS, tendo em linha de consideração a prossecução de uma política globalizante que contempla e integra, a ação e propostas das diversas pessoas coletivas de direito público e privado com atribuições no âmbito da cultura e do desporto e bem assim movimentos associativos.

O espaço cedido fica situado numa das salas da antiga "Escola do Farrobo", propriedade do Município, sendo certo que a Câmara Municipal está atenta a sua dimensão e que, futuramente, poderá englobar mais projetos, pelo que se torna possível o aproveitamento de parte da mesma e a sua divisão, permitindo assim uma majoração da rentabilidade do espaço.

O protocolo de cedência foi formalizado, esta semana, pelo presidente da Câmara, Idalino Vasconcelos e pelo presidente da APIPS, Hugo Brandão, que se fez acompanhar pela sua equipa de direção.

Idalino Vasconcelos refere que "nos objetivos traçados por esta edilidade, sempre que se preveja que, no quadro da responsabilidade solidária da autarquia, escolas e movimentos associativos, seja imperioso a colaboração a nível cultural e desportivo, o Município diz sempre presente"

Este protocolo de cooperação decorre nos termos da lei, ao abrigo do disposto na alínea o) do n.º 1, artigo 33.º da Lei 75/2013, de 12 de setembro, sendo uma atribuição do Município do Porto Santo, no que diz respeito aos interesses próprios, comuns e específicos das populações respetivas e, designadamente, à educação, cultura, desporto, ocupação de tempos livres e segurança.