Médicos luso-venezuelanos levaram hoje preocupações aos deputados do PSD

Sofia Lacerda

Representantes da Associação de Médicos de Origem Luso-Venezuelano (ASOMELUVE) levaram esta tarde as suas preocupações aos deputados do PSD na Assembleia Legislativa da Madeira.

Os médicos portugueses formados na Venezuela têm-se deparado com sucessivos obstáculos no reconhecimento das suas habilitações e, por isso, entregaram na Assembleia da República uma petição a pedir ao Estado que garanta o direito ao exercício da sua profissão em Portugal.

Esse foi um dos assuntos levados aos parlamentares social-democratas, adiantou ao JM o deputado Carlos Fernandes, que realçou que esta também é uma luta do PSD, que vai agora “analisar a situação a fundo e ver de que forma poderá ajudar”.

O parlamentar revelou-nos ainda que ficou agendada uma segunda reunião para daqui sensivelmente um mês, em fevereiro, para fazer novo ponto da situação.