Paulo Cafôfo diz que "é mentira que tenha falado com Lopes da Fonseca"

David Spranger

Paulo Cafôfo assegura que não falou com Lopes da Fonseca admitindo sim conversas, na noite eleitoral, com Rui Barreto e José Manuel Rodrigues. Mas, garante, "não se falou em 15 secretarias e muito menos em quatro secretarias para o CDS".

Cafôfo diz que a atitude do líder parlamentar centristas "é para lançar uma cortina de fumo ao maior saque da administração publica, com mais de 250 nomeações".

De resto, frisa que nunca criticou o número de secretarias do atual governo, mas sim essas nomeações para "pagar favores".

Mas, acima de tudo, Cafôfo mostra-se indignado com "a falta de ética e de moral" de Lopes da Fonseca, recriminando essa eventualidade de gravar conversas sem conhecimento do outro interlocutor. Mas, referiu, em mais do que uma oportunidade, que não manteve qualquer conversa com Lopes da Fonseca.