Primeira crise na coligação nasce na Saúde

Miguel Silva

Três meses depois de ter tomado posse, o governo de coligação PSD-CDS dá sinais de uma primeira crise. E o epicentro da polémica está no sector da Saúde.

Os atrasos em nomeações, os obstáculos que surgiram em relação à médica Filomena Gonçalves – que o CDS indicou para o cargo de diretora clínica – o atraso na indicação para o Conselho de Administração e outras direções de serviço têm gerado indisfarçáveis incómodos entre dirigentes e militantes do partido da Rua da Mouraria.

Entretanto, o CDS soube hoje da decisão do SESARAM ter colocado ontem à votação dos diretores de serviço a política de saúde a seguir e que foi chumbada por cerca de 90% dos clínicos.

Este procedimento terá sido determinante para uma posição mais dura da parte do líder do CDS. Conforme o JM revelou esta manhã, Rui Barreto mostrou-se “profundamente agastado com o que se passa na saúde”. Embora num curto comentário, Barreto assumiu a preocupação que confirma a primeira crise na coligação de governo e garantiu ao Jornal que ainda esta manhã tinha feito sentir ao presidente do Governo o incómodo da situação.

Acrescentou ainda Rui Barreto que o próprio Miguel Albuquerque prometeu tratar do assunto e que os acordos serão cumpridos.

Da parte do CDS, fica clara a necessidade de assegurar o que foi acordado. Isso está nas palavras de Rui Barreto e num curto texto divulgado pelo seu chefe de gabinete em jeito de comentário à notícia do JM numa rede social. A declaração de Gonçalo Santos – que integrou a delegação do CDS nas reuniões com o PSD - é lapidar: “Há sempre opção de não cumprir acordos. Mas o incumprimento tem consequências.”

Acrescenta também que “há sempre a opção de cumprir. Nesse caso, estou certo de que os custos individuais são menores do que quando se ativa a primeira opção, sendo, paralelamente, os benefícios coletivos (muito) maiores.”

Entretanto, esta tarde, Miguel Albuquerque e Rui Barreto vão estar juntos numa cerimónia no Caniçal, no âmbito da Zona Franca da Madeira.