Governo vai criar programa de emprego exclusivo para pessoas com deficiência

Iolanda Chaves

Augusta Aguiar, secretária regional da Inclusão e da Cidadania, anunciou esta tarde que o Governo Regional "vai criar um Programa de Emprego exclusivamente para pessoas com deficiência".

Esta foi uma de três medidas estruturantes que a governante deu a conhecer nas comemorações do Dia Internacional e Dia Nacional da Pessoa com Deficência.

"A elaboração do Guia Regional de Cidadania para Pessoas Portadoras de Deficiência, com vista a proteger, acompanhar e inserir estes cidadãos e a implementação do programa Apoiar+, com o objetivo de apoiar a aquisição de produtos e equipamentos para pessoas com deficiência ou incapacidade técnica" foram outras duas medidas anunciadas.

Augusta Aguiar disse também que há a intenção de reforçar o quadro de pessoal do Centro de Inclusão Social da Madeira inaugurado este ano, uma obra que dá maiores condições aos seus utentes e trabalhadores e "coloca a Madeira na linha da frente" em matéria de apoio às pessoas com deficiência.

"Tratou-se de uma grande aposta do Governo Regional, que assim criou uma infraestrutura pioneira, com apoio da União Europeia, com vários espaços inovadores, destinados à melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência. O Centro de Inclusão Social da Madeira conta atualmente, com 172 utentes permanentes, que usufruem diariamente das valências inovadoras existentes nesta infraestrutura, tais como o tanque terapêutico, a sala Snoezelen, terapia ocupacional, treino da vida diária, circuito dos pés descalços, entre outros", disse.

As comemorações, realizadas no auditório do hotel VidaMar, começou com uma exposição de artes plásticas da autoria de utentes dos Centros de Atividades Ocupacionais (CAO) e do Centro de Apoio à Deficiência Profunda, intitulada ‘Sonhos de Cor’. Seguiu-se o programa festivo composto por um espetáculo musical 'Fragmentos que constroem o Mundo', com dezenas de figurantes em palco.