PSD/Madeira assinala 39º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro

O PSD/Madeira enaltece e evoca, nesta quarta-feira, dia 4 de dezembro, a memória do fundador e antigo dirigente do PPD/PSD, Francisco Sá Carneiro, através da deposição de uma coroa de flores junto ao busto em sua memória, na Avenida Sá Carneiro – deposição que terá lugar pelas 9.15 horas – e da celebração de uma missa, pelas 18.30 horas, na Igreja do Carmo, no Funchal.

Uma homenagem simbólica que, conforme destaca o Secretário-geral do PSD/Madeira, José Prada, “visa, acima de tudo, garantir que a memória deste grande Homem se perpetue, enquanto referência, no nosso Partido, mas, também, na sociedade e junto das novas gerações”. Gerações que, sublinha, “carecem, cada vez mais, de seguir grandes exemplos, sejam eles políticos ou não, para, em consciência, assumirem, desde cedo, os seus papéis enquanto cidadãos ativos e responsáveis, na base de valores e princípios que façam a diferença, individual e coletivamente”.

“Francisco Sá Carneiro era e é, de facto, uma figura incontornável na nossa história, alguém que encarava a política como uma missão e como um exercício de cidadania, assim como também alguém que desde sempre lutou e defendeu a autonomia”, reforça José Prada, realçando que este é, precisamente, o espírito e a marca que devem existir e perpetuar dentro do PSD/M e passar aos novos militantes: “a de sermos um Partido com sentido de responsabilidade e missão, que luta pelos valores autonómicos, que acredita na democracia e que, em todas e quaisquer circunstâncias, defende os interesses desta Região e do seu povo”.

Secretário-geral que não tem dúvidas de que Portugal teria seguido um outro rumo, caso Francisco Sá Carneiro tivesse tido a oportunidade de implementar as suas ideias e os seus projetos. “Alguém que, infelizmente para todos, deixou-nos muito cedo”, rematou.