Três anos de pena suspensa para José Pedro Pereira

O antigo líder da JSD e ex-deputado José Pedro Pereira, 'apanhou' três anos de pena suspensa na sequência de um caso que envolveu uma alegada burla ao empresário José Luís Paixão, de quem terá recebido 25 mil euros pelo trespasse de uma loja na Praça CR7.

O espaço comercial em questão era na Praça do Mar, propriedade das Sociedades de Desenvolvimento, com o caso a render muita polémica, chegando à barra do tribunal.

O mesmo já declarou que irá recorrer da decisão, procurando reverter o processo judicial.

Recorde-se que José Pedro Pereira foi ilibado numa primeira fase, julgamento que o Tribunal da Relação de Lisboa mandou anular por conter “vícios insuperáveis”. Duarte Fernandes foi quem assegurou a sua defesa nessa primeira instância.