CVP associa-se ao movimento 'Giving Tuesday'

A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) associou-se ao ‘Giving Tuesday (GT)’ é um movimento internacional, comemorado em todo o mundo na primeira terça-feira após o Black Friday e o Cyber Monday, no qual o objetivo não é comprar, mas sim, dar, com o intuito de acolher refugiados.

“Assim, no próximo dia 3 de dezembro, apelamos à solidariedade e desafiamos os portugueses a juntarem-se a este movimento para ajudar a angariar fundos para o desenvolvimento de programas de acolhimento/integração de refugiados, e também para a criação de uma bolsa de professores de português e de uma bolsa de tradutores nos idiomas árabe (turco e curdo), tigrina e urdu”, lê-se em nota da instituição.

“Guerras, perseguições, violações dos direitos humanos e pobreza extrema têm levado milhões de pessoas em todo o mundo a sair das suas casas, a fugir e a procurar proteção noutros países. Em Portugal e desde 2015, a CVP tem vindo a alojar e acolher refugiados e cidadãos requerentes de proteção internacional de várias nacionalidades, num total de 205 pessoas”, acrescenta.

Lê-se ainda que a “Instituição mantém o acolhimento a 70 cidadãos, entre os quais 34 crianças, procurando assegurar-lhes alimentação, cuidados de saúde, vestuário, uma morada digna, educação, aprendizagem de português e acesso ao mercado de trabalho”.

“Infelizmente, os fundos europeus e nacionais disponíveis para este trabalho nunca são suficientes, razão pela qual apelamos à generosidade de todos os portugueses para que no dia 3 de dezembro se associem a este projeto e ajudem quem mais precisa”, refere Francisco George, presidente nacional da CVP.