Funchal iniciou entrega gratuita de compostores às famílias do concelho

A Câmara Municipal do Funchal começou esta semana a proceder à entrega gratuita de compostores às famílias do concelho que possuam hortas e jardins, na sequência da campanha lançada no mês passado. O presidente Miguel Silva Gouveia acompanhou os serviços camarários na entrega dos primeiros equipamentos, ao lado da Vice-Presidente Idalina Perestrelo, que tem o pelouro do Ambiente no concelho.

Recorde-se que a Autarquia tem um total de 4000 compostores para entregar às famílias funchalenses nos próximos meses, bastando, para isso, que os interessados procedam à respetiva candidatura, que deve ser feita online, no site oficial da CMF, no link http://cm-funchal.pt/pt/servicos-online/servicos-home.html. O requisito de base é ser residente no Funchal, sendo obrigatório possuir horta ou jardim.

Este é o resultado de uma candidatura do Município do Funchal ao POSEUR, que “reforçará o tratamento de resíduos orgânicos no concelho, numa iniciativa importante no que respeita à edução ambiental e à inclusão da população numa estratégia que é central para este Executivo”, enalteceu o Presidente, numa ação que marcou as atividades da Semana Europeia de Prevenção de Resíduos no Funchal. O valor total do investimento ascende a cerca de 437 mil euros, sendo cofinanciado em 85% pelo POSEUR.

O projeto acomoda uma série de atividades que vêm dar ênfase ao trabalho ambiental do Município do Funchal, “permitindo disseminar equipamentos pela população sem quaisquer custos, para efeitos de deposição seletiva de resíduos orgânicos, numa iniciativa que vem chamar à atenção, desde logo, para a correta gestão deste tipo de resíduos, e que será complementada por uma componente informativa sobre a utilização deste tipo de equipamentos, através da qual será possível dotar os agregados familiares de conhecimentos básicos acerca do processo de compostagem.”

“A entrega de 4000 compositores aos funchalenses será uma medida importante para continuar a reduzir a produção de resíduos sólidos urbanos no concelho, pelo que incentivamos a que todas as famílias que tenham hortas ou jardins procedam desde já à respetiva candidatura”, conclui o autarca.