CDS propõe que sejam devolvidos 2% do IRS à população de Santa Cruz

Por iniciativa da Câmara Municipal de Santa Cruz, está a ser devolvido aos contribuintes do concelho 1% do máximo de 5% do IRS que constitui receita do município.

No entender do deputado municipal Pedro de Freitas Jorge, do CDS, e considerando que as famílias do concelho de Santa Cruz ainda suportam uma "elevada carga fiscal", devem ser devolvidos 2% do total da receita do IRS em 2020, tendo em conta que a autarquia tem "condições financeiras propícias para iniciar um processo de devolução de rendimentos às famílias".

Assim, a Assembleia Municipal de Santa Cruz aprova, na próxima reunião ordinária, a devolução aos munícipes de 2% da taxa de IRS que constitui receita do município, proposta enquadrada no Orçamento da Câmara Municipal de Santa Cruz para 2020.