Casa Colombo no Porto Santo celebra hoje 30 anos

A Casa Colombo sopra hoje 30 velas e para celebrar a data, o Governo Regional, através da secretaria Regional de Turismo e Cultura, organizou um programa de comemorações com algumas atividades, iniciando-se com uma conferência sobre ‘Colombo e a sua passagem pelo Porto Santo’, por Emanuel Janes, no Salão Nobre dos Paços de Concelho.

Num segundo momento, será apresentado por Marcelino de Castro, um livro intitulado ‘A Poesia no Mundo: Para uma Nova Globalização’, editado em especial para o II Encontro Internacional de Poesia, que aconteceu no Porto Santo, em outubro de 2018.

O programa contempla ainda a abertura da exposição ‘O Património Tem’, que agrega uma série de imagens que visam sensibilizar para a importância do património e a sua preservação.

O encerramento do evento estará ao cargo de um concerto de jazz, protagonizado pelo grupo ‘Quarteto Sofia Almeida’, no Jardim da Casa Colombo, a partir das 20h00.

A Casa Colombo foi inaugurada a 20 de novembro de 1989, e elevou-se pela necessidade do Governo Regional em organizar uma estrutura que recordasse e prestasse homenagem à relação que se estabelece entre o Porto Santo e esta figura histórica.

“Esta é uma ação de dinamização cultural no Porto Santo tem a ver com o objetivo do Governo Regional em descentralizar a cultura, propiciando a todos os madeirenses e porto-santenses o acesso a eventos culturais de qualidade, assim como contribuir para a projeção turístico-cultural daquele destino. Devido à importância de Cristóvão Colombo na história mundial, este aniversário é um bom pretexto para, mais uma vez, se chamar atenção sobre o assunto”, concluiu Eduardo Jesus, secretário regional de Turismo e Cultura.