Grupo Sousa: PCI passará a chamar-se GS Lines

O Grupo Sousa informou através de um comunicado enviado ao JM, que integrará a Portusline Containers International (PCI) na GS Lines, um processo de aquisições de armadores iniciado em 1990, com a compra da Empresa de Navegação Madeirense, da Boxlines em 2010, e da PCI em 2015, que culminará amanhã com a fusão da PCI na GS Lines.

Atualmente o Grupo Sousa opera 9 navios (5 próprios e 4 afretados) com uma capacidade total de 7.122 TEUs, nas linhas marítimas entre Portugal Continental, Açores e Madeira, Espanha (Canárias e Algeciras), Cabo Verde (Praia, Mindelo, Sal e Boavista) e Guiné-Bissau, incluindo, ainda, o ferry “Lobo Marinho”, atualmente em uso na linha entre as ilhas da Madeira e do Porto Santo operado pela Porto Santo Line.
Ressalvam da mesma forma que a GS Lines manterá os 4 navios, antes operados pela PCI, na operação com Cabo Verde (”Raquel S”, “Manatee”, “Lagoa” e “Leoni P”), oferecendo o trajeto mais rápido na ligação com a cidade da Praia, em apenas 5 dias, com garantia de 4 saídas por mês a partir de Lisboa.