" O sistema regional de saúde precisa de uma transformação urgente" afirma Paulo Cafôfo

David Spranger

Pelo PS, foi Paulo Cafôfo a subir ao palanque. "Estaremos atentos ao problemas que os madeirenses enfrentam e estamos aqui para defender is seus interesses" conforme destacou, lembrando que essa é uma promessa que transita da campanha. Tocando um pouco em todas as áreas, acentuou esse trabalho fiscalizador do seu partido, lamentado que, por exemplo, em matéria de desemprego "continue tudo na mesma" com muita gente a emigrar.

Diz que "as desigualdades em matéria salarial são maiores" a região em relação ao resto do pais.
Pediu atenção especial para os concelhos do norte, nomeadamente em matéria fiscal.
"O PS defende que o sistema regional de saúde precisa de uma transformação urgente", destacou também, elencando os problemas que afetam esse setor, detendo-se nas listas de espera. "Como forma de garantir a todos os madeirenses um serviço regional de saúde". Entre as medidas urgentes, Paulo Cafôfo reivindicou também obras de requalificação "urgentes" nas unidades hospitares existentes.
Aludiu ainda a "81 mil madeirenses que vivem em risco de pobreza e exclusão social" considerando ser o numero mais elevado do pais. "Há fome na Madeira, não vale a pena esconder", exaltou. Pediu politicas que fomentam a criação de emprego.

Paulo Cafôfo falou ainda na "urgência e criar medidas de combate ao abandono escolar". Numa outra área, o turismo, "está em queda em todos os parâmetros". Portanto "os factos mostram que o atual modelo de gestão está ultrapassado".


Ainda em matéria de turismo reivindicou medidas "urgentes" no que toca a um "plano de contingência" para suprimir os problemas aéreos, incluindo a falencia de companhias, sendo necessárias "medidas de antecipação" exaltando que o aeroporto do porto santo deverá fazer parte da solução deste problema.