"Plano de contingência deve ser da Região e não dos aeroportos"

Sérgio Gonçalves, deputado do PS, entende que o plano de contingência do Aeroporto da Madeira não deve ficar condicionado aos aeroportos. Deve ser da responsabilidade da Região, diz, estranhando a não referência ao Porto Santo.

O parlamentar confrontou Eduardo Jesus com as declarações recentes de Francisco Pita, administrador da Vinci Ana Airports, sobre a perda potencial de 1,5 milhões de lugares, considerando que nem todos foram repostos.