JM – Edição Impressa: Jardim vinca que saiu com maioria absoluta – Desporto: Nuno Manta ‘encostado’

Jardim refuta responsabilidades pelo atual momento do partido e puxa dos galões para responder aos críticos, recordando que saiu da liderança do PSD-M quando quis e com maioria absoluta. Ao JM, Pedro Coelho e Miguel de Sousa reconhecem mérito ao histórico social-democrata nas recentes vitórias eleitorais, enquanto o secretário-geral do PSD-M, José Prada, valoriza “todos os militantes”. Já Filipe Malheiro entende que os últimos sufrágios podem ser interpretados de diversas formas.

Este é o assunto em destaque na edição de hoje do JM, na qual pode também ler sobre a dúvida adensada por Emanuel Câmara quanto à data do congresso do PS.

Ainda nesta edição, o Albuquerque reforça a disponibilidade para dialogar com António Costa, a polícia apreendeu 69 armas este ano na Madeira, e um motorista de autocarro foi agredido com um taco de basebol.

Um jornal, duas capas. No desporto, a eliminação da Taça de Portugal deixou o treinador do Marítimo cada vez mais encostado às cordas. Nuno Manta Santos esteve reunido com Carlos Pereira, mas o presidente dos verde-rubros decidiu que, para já, o técnico continua à frente da equipa.

Destaque também para Ronaldo, Bernardo Silva e João Félix, nomeados para a Bola de Ouro. Na Liga dos Campeões, a Juventus recebe o Lokomotiv e CR7 avisa que quer vencer tudo.

Noutros temas para acompanhar, árbitros madeirenses confortaram atleta que perdeu avó, e no Sky Running, a ‘armada’ madeirense em foco na Serra da Lousã.

Leia mais sobre estes e outros assuntos, na edição desta terça-feira do seu JM.