JM - Edição impressa: Consumo de 'bloom' volta a aumentar - Desporto: Guimarães de Ivo vai com estrondo

Só nos primeiros seis meses deste ano, entraram no Hospital 101 pessoas devido ao ‘bloom’. Mesmo sem números oficiais, o coordenador da PJ acredita que há mais casos de consumo destas drogas na Madeira. Ricardo Tecedeiro diante ainda que o Caniçal está entre as localidades com mais consumo e tráficos de drogas e identifica outros locais, informa a notícia que faz manchete hoje no JM.

Nesta edição de domingo, saiba ainda que a PSP foi chamada este ano a 47 ocorrências em escolas madeirenses. Há situações de delinquência, vandalismo, violência e até um caso de posse de arma, diz a página 13;

No que ao governo diz respeito, cinco dias depois de ter tomado posse, Teófilo Cunha ainda não tem gabinete. O novo secretário visitou dois espaços, mas foi ultrapassado por outros serviços públicos. Já Ana Cristina Monteiro vai para a Economia e Roberto Rodrigues a caminho do Ordenamento do Território. Quanto a Margarida Pocinho, está em reflexão, informa a página 6;

No Cinema, o filme ‘Cartas de Fora’ volta sábado ao Casino;

No Parlamento, Carlos Pereira quer avaliar as taxas aeroportuárias. O deputado socialista pede urgência na avaliação da convergência prometida há quase sete anos;

N que refere ao Investimento, Canárias atrai empresários madeirenses. Maurílio Caires investe em equipamentos. Sandra Vieira levou a empresa de moda para Tenerife. E a marca Malonas já está naquele mercado. Ao JM, explicam o que tem Canárias de especial;

Um jornal, duas capas. No desporto, o Guimarães de Ivo cai com estrondo e a formação por ele orientada foi surpreendida pelo Sintra Football, no campeonato de Portugal, que eliminou a equipa primodivisionária, causando enorme surpresa, lê-se na página 39;

Destaque para Cristiano Ronaldo que voltou a fraturar ontem na Liga Italiana, diante do Bolonha;

No Triatlo, Alemã e Azeri vencem a Taça da Europa; em Automobilismo, Dinarte Nóbrega vence rampa do Porto Moniz;

Saiba ainda que a Federação puniu o União com uma derrota e uma multa de 510 euros. Em causa, está a utilização de um jogador de forma irregular diante do Marítimo B;

Quanto ao Marítimo, quer confirmar o favoritismo em Aveiro. A formação verde-rubro joga hoje no reduto do Beira-Mar, para a Taça de Portugal, querendo seguir em frente e confirmar o favoritismo, diz a página 38;

São estas e outras notícias que pode ler na sua edição impressa de hoje do JM.