Carro celular avariou antes de chegar à cadeia

Miguel Silva

Viatura usada no transporte de reclusos entre o Aeroporto e o Estabelecimento Prisional teve de receber assistência técnica a meio do percurso.

Poucos minutos depois de sair do Aeroporto em direção à Cancela, uma das viaturas do Estabelecimento Prisional do Funchal deu sinais de alguma falha mecânica.

A solução improvisada pelos guardas prisionais e parte da comitiva foi parar no posto de abastecimento do Porto Novo. Passados minutos e algumas operações ligeiras, a viatura retomou o seu percurso.

Tal como o JM anunciou na edição impressa de hoje, o Estabelecimento Prisional do Funchal acaba de receber mais 35 reclusos que se juntam a outro grupo igual recebido em agosto. Ao todo, a Região recebe em três meses um novo grupo de 70 detidos em várias cadeias do país.