Cláudia Monteiro de Aguiar promove banana europeia no Parlamento

A deputada do PSD foi a anfitriã, ontem no Parlamento Europeu, em Bruxelas, de um debate dedicado à produção, promoção e proteção de banana europeia, em parceria com a associação europeia, APEB, e as várias associações produtoras regionais representantes da Madeira, Canárias, Guadalupe e Martinica.

Este debate, bem como a exposição presente durante toda a semana no Parlamento, em Bruxelas, e na estação de comboios contígua ao Parlamento, na Gare do Luxemburgo, encerram um projeto de promoção a nível europeu deste produto regional oriundo de quatro regiões ultraperiféricas europeias.

Cláudia Monteiro de Aguiar destacou a importância da produção de banana para estas regiões, e garantiu que continuará a pautar o seu mandato pela defesa das regiões ultraperiféricas e dos seus produtos regionais e certificados, “produtos que escapam a um sistema de produção massificada e apresentam uma identidade única e genuína”.

Ao referir o recente concurso público para a construção do novo Centro de Processamento de Banana da GESBA, com um valor base de investimento de 5 milhões de euros, ampliando a capacidade de processamento para as 100 toneladas por dia, financiado em 75% pela UE, Cláudia Monteiro de Aguiar destacou que “a banana é hoje a imagem de uma produção agrícola de qualidade das Regiões Ultraperiféricas. Este investimento é muito mais que uma mera exploração de cariz económico, é uma cultura muito importante para muitas famílias madeirenses, logo o impacto social e cultural têm também peso significativo.”

Finalmente, a eurodeputada Madeirense garantiu continuar a “a incomodar a Comissão Europeia sempre que sejam ultrapassadas quotas de importação de banana de países terceiros, na negociação e celebração de acordos comerciais, ou até para avaliar uma possível revisão do mecanismo de salvaguarda da banana, criado em 2017 para proteger os produtores europeus, que já provou ser ineficaz.”

O debate foi seguido de um jantar, onde foi servida uma sobremesa especial, feita com banana da Madeira, a “viagem gourmet pela banana”, preparada pelo chef pasteleiro francês Fabrice Pottier.

A produção europeia de banana é responsável por mais de 500 milhões de euros do PIB da UE e cerca de 40 mil postos de trabalho. No entanto, representa apenas cerca de 11% da banana consumida na União. Ao contrário de outras, a produção europeia tem de respeitar e implementar a regulamentação europeia nos domínios do direito do trabalho, da proteção do ambiente e da utilização de produtos fitossanitários, apesar das diversas limitações e constrangimentos devido ao clima, à orografia bem como ao fator distância.