MPT apela ao voto consciente e sem "pensar nas sondagens"

Lusa

O cabeça de lista do MPT às eleições legislativas da Madeira, Válter Rodrigues, dedicou a manhã de hoje a apelar ao voto consciente e sem “pensar nas sondagens”.

Em declarações à agência Lusa, o candidato do Partido da Terra-MPT explicou que tinha programado fazer a campanha apenas no concelho da Ponta do Sol, mas que o partido acabou por decidir dividir forças por vários municípios, para explicar às pessoas que, “com estas confusões todas das sondagens e de tudo isso”, é importante irem votar no domingo.

Válter Rodrigues percorreu várias ruas do Funchal para tentar convencer as pessoas a “não olharem para as sondagens” e a votarem no MPT.

O candidato destacou também que foi muito abordado pela população acerca dos jantares, almoços e comícios que têm estado a ocorrer nestes dias de campanha.

“As pessoas têm de olhar que isto tudo é demais, as promessas são demais. Por isso, o MPT não promete coisas, promete é trabalhar com as pessoas, trabalhar com os animais, trabalhar com o ambiente. Isso é o que o MPT promete. Trabalhar sempre a favor das pessoas”, defendeu.

“Eu tentei explicar às pessoas que quem paga isto tudo são as pessoas. São os nossos impostos que estão a pagar isto tudo”, acrescentou, em tom de crítica.