Cafôfo em arruada no Funchal: "É agora ou nunca a mudança na Madeira"

Iolanda Chaves

Paulo Cafôfo realizou esta tarde uma arruada no Funchal apelando ao voto no PS no próximo domingo, 22. "É agora ou nunca a mudança na Madeira", disse o candidato acompanhado por centenas de apoiantes entre os quais o presidente do PS-Madeira, Emanuel Câmara, e o atual presidente da Câmara Municipal, que o sucedeu, Miguel Silva Gouveia.

O cabeça de lista socialista, reforçou a ideia que as eleições regionais são as mais importantes deste período da democracia e da autonomia.

Cafôfo propõe um projeto que resolva "os problemas mais prementes dos madeirenses", nomeadamente na saúde, habitação, emprego e as ligações com o continente - aéreas e marítimas -,

"Só existem duas hipóteses: ou o ainda presidente Miguel Albuquerque, ou eu, com um outro projeto e outra forma de estar na política", defendeu.

O candidato afirma-se o "presidente à altura" de que a Região precisa, ou seja, "um presidente que está no meio do povo, com o povo, mas também nos maus momentos, quando os madeirenses mais necessitam".

"Podem contar comigo", assegurou.

Paulo Cafôfo vincou que o projeto do PS é um projeto de inclusão e que ninguém no governo vai ficar sem emprego.

"A perseguição, o medo e a chantagem vão acabar. Nós não vamos deixar ninguém para trás», afirmou, defendendo uma administração pública valorizada e motivada, porque «a Região só se pode desenvolver com funcionários públicos que sejam competentes, que tenham a formação e a valorização necessárias, e isso connosco é uma garantia", sublinhou.

Revelando confiança na vitória sente "uma grande vontade de mudança".