Rui Barreto garantiu que irá investir 15 milhões de euros para reduzir listas de espera

Carla Sousa

Rui Barreto garantiu que irá investir 15 milhões de euros para realizar 10 mil cirurgias no espaço de uma legislatura e assim reduzir substancialmente as listas de espera.

O candidato do CDS-PP à presidência do Governo Regional escolheu o tema da saúde para fechar o dia de campanha na Ponta do Sol.

Como justificou Rui Barreto, "o CDS quer reestruturar o Serviço Regional de Saúde (SRS), devolver-lhe dignidade e reconquistar a confiança dos doentes e utentes".

"Vamos investir 15 milhões de euros para aumentar o número de cirurgias em bloco", anunciou, isto caso os madeirenses apostem no CDS para governar a Madeira. "Estes 15 milhões de euros significam mais 10 mil cirurgias no espaço de uma legislatura", afiançou o líder centrista.

Rui Barreto recordou que o seu partido foi "o que mais propostas apresentou" no Parlamento na última legislatura na área da saúde e realçou que "queremos moralizar o sistema e torná-lo mais transparente em relação às listas de espera para cirurgias, consultas e exames". "Para o CDS, o sistema público e o centro hospitalar são a coluna dorsal do sistema e têm de aumentar em 25% o nível de produção de cirurgias em bloco operatório, dentro do SRS".

Nesta área da saúde, as crianças também entram nas contas do CDS. "Temos de garantir que todas as crianças têm médico de família. O CDS apresentou no Parlamento esta proposta por quatro vezes, e todas as vezes o PSD chumbou-a".

Rui Barreto pegou no comportamento do PSD para alertar os presentes: "Basta de maiorias absolutas. Se o povo nos conferir mais força, teremos mais força para influenciar, e o CDS é na verdade a mudança segura na saúde".