Avião divergido para o Porto Santo aterrou de emergência por questões técnicas

Após a decisão de divergir para Porto Santo foi declarada emergência no voo TP1687 por questões técnicas.

A TAP confirma que o voo TP1687 com destino ao Funchal divergiu para o Porto Santo depois de duas tentativas de aterragem no Aeroporto Internacional da Madeira, devido a ventos fortes que se faziam sentir na altura.
Na mesma nota, a companhia aérea portuguesa revela que "após a decisão de divergir para Porto Santo foi declarada emergência por questões técnicas. Foram cumpridos todos os procedimentos de segurança". Ressalva, ainda, que a "aterragem decorreu com toda a tranquilidade, estando os passageiros a ser acomodados em unidades hoteleiras da região, sendo posteriormente transportados para o Funchal noutros voos da Companhia"