Crianças com «fim de semana em grande» na Praça do Povo

Tânia Nascimento

António, de 8 anos, estava no Festival da Criança, que arrancou esta manhã na Praça do Povo, para «passar um fim de semana em grande». Vestido de astronauta, disse que vinha para pilotar drones, mas também para montar robôs e brincar aos “lazer tags”. Quando crescer, quer ser astronauta. Já o irmão João, de 6 anos, quer ser «médico cientista», embora tenha vindo pelo desporto e aventura.

Como eles, centenas de outras crianças dão largas à imaginação, num evento que decorre até amanhã e que conta também com ateliês, espetáculos e animação constante.
De acordo com o diretor regional da Inovação, Valorização e Empreendedorismo, Jorge Vala, uma das mais-valias do Festival da Criança, que está na sua primeira edição, é precisamente o “RobôBrava”, que permite construir e programar um robô autónomo, sendo, já, um «sucesso» entre os mais pequenos, mas também a oportunidade de montar e pilotar drones e ver filmes a 360º, não descurando as atividades tradicionais, como as artes plásticas e os origamis.
Também na ocasião, o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, considerou que esta é uma «maneira divertida» e «despretensiosa» de introduzir os mais novos às «tecnologias de futuro», reafirmando a sua intenção de reforçar esta componente nas escolas.