Governo Regional expressa pesar pela morte de Emanuel Rodrigues

JM

"O Governo Regional e o seu presidente vêm testemunhar o seu mais profundo pesar pela morte, ocorrida hoje, de Emanuel Rodrigues, presidente da Assembleia Regional entre 1976 e 1984 e um dos advogados mais conhecidos da praça madeirense", refere um comunicado enviado ao JM.

Nesta hora, o Executivo madeirense e o seu presidente, Miguel Albuquerque, vêm endereçar à família enlutada os mais sinceros pêsames e associar-se à sua dor.

Emanuel Rodrigues foi o primeiro presidente da Assembleia Legislativa da Madeira (então Assembleia Regional), durante oito anos, desde 1976, altura em que foi instituída a Autonomia e implantado o primeiro parlamento madeirense.

O causídico foi ainda deputado à Assembleia Constituinte (1975-1976), que viria a aprovar a primeira Constituição da República depois do 25 de Abril, tendo sido eleito deputado, pelo PSD, para o primeiro parlamento regional, nas eleições de 1976.

Em 1984 abandonou o parlamento madeirense para se dedicar, de forma ativa e exclusiva, à advocacia.

Emanuel Rodrigues nasceu no dia de Natal, a 25 de dezembro de 1943 (tinha 76 anos) e morreu vítima de doença prolongada.

"É este Ilustre madeirense que o Governo Regional e o seu presidente (a quem ligavam ao falecido ligações profissionais e de amizade já de vários anos) pretendem homenagear, sublinhando a sua gratidão para com os relevantes serviços prestados em nome da nossa Região e da Autonomia", remata a nota.