Câmara da Ponta do Sol cede terreno para construção de esquadra da PSP

Lusa

A construção da nova esquadra da PSP da Ponta do Sol, Madeira, deverá começar no próximo ano, indicou hoje o comandante regional, Luís Simões, após a assinatura de um contrato com o município para cedência do terreno.

"Esta obra está prevista no plano de investimentos das Forças e Serviços de Segurança do Ministério da Administração Interna", disse o superintendente Luís Simões, vincando que "haverá condições para no próximo ano se lançar o procedimento necessário tendo em vista a sua construção".

A Polícia de Segurança Pública e a Câmara Municipal da Ponta do Sol, liderada pela socialista Célia Pessegueiro, assinaram o contrato de comodato, através do qual o município cede uma parcela do jardim existente à entrada da vila, onde será erguida a nova esquadra.

"Agora é só mesmo ultimar os preparativos à volta da arquitetura, apurar valores, assinar o último contrato interadministrativo e avançar com a construção da nova esquadra", disse a autarca.

Célia Pessegueiro indicou que o município ficará responsável pela execução da obra, com base em verbas a ser transferidas pelo Ministério da Administração Interna.

O objetivo é construir uma esquadra "eficaz e funcional" que "garanta o policiamento de proximidade" que a população "necessita e anseia", sobretudo num concelho envelhecido.

A PSP da Ponta do Sol, cujo efetivo varia entre 20 e 25 elementos, funciona atualmente num edifício da autarquia no centro da vila, para onde foi transferida em 2017 por questões de segurança, após a ocorrência de uma derrocada de grande dimensão na encosta sobranceira ao mar, perto da antiga esquadra.

Em janeiro de 2019, o executivo municipal aprovou a cedência de uma parcela de terreno para a construção de um novo edifício, decisão que contou com os votos contra do PSD, partido que governou o município até às eleições autárquicas de 2017.

O município da Ponta do Sol, localizado na costa sul da Madeira, tem 8.862 habitantes (Censos de 2011), distribuídos por três freguesias: Ponta do Sol (sede do concelho), Madalena do Mar e Canhas.