Suspeito de homicídio no Jardim do Mar fica em prisão preventiva

O alegado autor do homicídio de uma mulher de 53 anos, ocorrido na madrugada de segunda-feira, no Jardim do Mar, fica em prisão preventiva.

Indiciado pela prática de um crime de homicídio qualificado, o suspeito, de 39 anos e natural de Câmara de Lobos, foi esta tarde presente ao juiz, tendo sido aplicadas as medidas de coação de Termo de Identidade e Residência e prisão preventiva, revelou o Tribunal da Comarca do Funchal. O arguido não prestou declarações.