JPP quer resposta da Vice-Presidência sobre o ferry até quarta-feira

O Juntos pelo Povo (JPP) tornou público, há cerca de um mês, um conjunto de pareceres da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes, que consideravam que os três milhões de indemnizações compensatórias para a linha ferry entre a Madeira e o continente seriam suficientes para uma operação anual.

Os documentos estão publicados no site do JPP e podem ser consultados.

Élvio Sousa lembra que Pedro Calado, o vice-presidente do Governo Regional, veio a público dizer que o JPP não tinha credibilidade.

“Nós demos 24 horas para que o senhor vice-presidente contestasse, com argumentos, a tese do regulador e aquilo que o JPP se limitou informar, como é seu dever. Como é óbvio, o senhor vice-presidente não veio a público se retratar, continua a mentir no dossier do ferry, tal como o Governo Regional”, salientou o líder parlamentar do JPP, em conferência de imprensa junto ao porto do Funchal, onde se pode ver novo cartaz sobre a linha marítima.

Saiba mais, na edição impressa do JM.