Suspeitos de reembolso indevido no subsídio de mobilidade conhecem hoje medidas de coação

Carla Ribeiro

Os dois indivíduos que estão a ser ouvidos, no âmbito da operação 'Pégaso', voltaram hoje ao Tribunal do Funchal, onde, pelas 14 horas, deram entrada para serem ouvidos pelo juiz de instrução criminal.

O primeiro interrogatório foi ontem mas só hoje, os indivíduos ficam a conhecer as medidas de coação. De 46 e 28 anos de idade, o gerente e outro funcionário da agência de viagens 'Madeira Fly Travel', chegaram ao Funchal na carrinha do Estabelecimento Prisional para que fosse retomada a sua audição. Ontem, o interrogatório foi interrompido. A alegada burla envolve milhares de euros, sendo que os detidos são suspeitos da falsificação de documentos e faturação fitícia.