Albuquerque: "Se há fraudes, têm que ser detetadas, mas não vão culpar os madeirenses"

Foi à margem da entrega dos 57 galardões Green Key a unidades hoteleiras da Madeira e a um restaurante, o Ponta da Calheta, do Porto Santo, que o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, comentou a fraude nos reembolsos de viagens, ao abrigo do subsídio social de mobilidade.

"Se há fraudes têm que ser detetadas, mas não vão culpar os madeirenses pelo que o Estado está a gastar no subsídio de mobilidade. Toda a gente sabe que este subsídio de mobilidade foi uma forma encapotada de financiar a TAP. Não houve alteração mais cedo porque o Governo não quis nem o PS quis", afirmou perentoriamente o presidente do Governo Regional.