IFCN investe mais 645 mil euros na aquisição de viaturas de proteção e socorro para a Polícia Florestal

O Instituto de Florestas e Conservação da Natureza (IFCN) vai voltar a inovar no serviço da Polícia Florestal. Desta feita, o instituto liderado por Manuel Filipe vai adquirir 10 viaturas ligeiras de combate a incêndios (VLCI) e uma veículo de comando e de comunicações. Com mais estas viaturas, a Polícia Florestal reforça os seus meios para defesa da floresta e da conservanção do ambiente.

Segundo o próprio IFCN, a Autoridade Nacional de Gestão do POSEUR (Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos) já deu parecer positivo sobre a candidatura que fez a fundos europeus, para a aquisição de veículos operacionais de proteção e socorro no combate aos incêndios florestais".

A Polícia Florestal vai ter, assim, novas 11 viaturas no valor estimado em 645 mil euros. O IFCN acrescenta que "um veículo de comando tático, equipado com meios de comunicação e equipamento diverso de apoio à decisão, para prestar apoio no reconhecimento e na coordenação das operações no terreno, e dez veículos ligeiros de combate a incêndios, destinados à vigilância e patrulhamento, principalmente preparados para a 1ª intervenção, estando equipados com reservatório de água e dotados de tanque de agente extintor e outros equipamentos necessários para o salvamento e combate, prioritariamente, a incêndios em espaços naturais, distribuídos por todos os concelhos da ilha da Madeira.