JM - Edição impressa: 80% das empresas sofreram ataques informáticos - Desporto: O que a TAP está a fazer é um atentado

80% das empresas sofreram ataques informáticos, é a notícia que faz capa no JM. Os indicadores da Madeira incluem todo o tipo de ciberataques, desde o simples vírus, a danos mais graves. A conclusão é de José Figueiredo, especialista nesta área que vem ao Funchal falar do tema n dia 19;

Quanto à delegação regional da Abraço, já tem o edifício para o rastreio, mas pede ajuda do Governo Regional para avançar com as obras. A ideia é abrir um espaço para facilitar o acesso de quem suspeita estar infetado com doenças sexualmente transmissíveis, diz a página 4;

Saiba ainda que o CDS abre um núcleo no Brasil. Rui Barreto acompanhou a visita de Assunção Cristas e de Gonçalo Santos, lê-se na página 10;

Já a estrada sobre a Ribeira João Gomes reabre em setembro;

Fique ainda a saber que o visto atrasa o embarque do helicóptero na Região;

Quanto a António Costa confirma o Dia de Portugal na Madeira em 2020;

Um jornal, duas capas. No desporto, “O que a TAP está a fazer é um atentado”, diz Rui Marote que não se conforma com a “desconsideração” da companhia área para com os madeirenses reunidos na ilha. Teme pelo futuro do desporto e apela à intervenção do Estado. “Alguém tem de por mão nisto”. Preocupado está também Pedro Proença, presidente da Liga, que pediu uma reunião de urgência com a administração da TAP.

Chamada para Ronaldo que é o segundo desportista mais bem pago do mundo;

Quanto a Perotti reforça o ataque do Nacional e Edgar Costa continua a capitanear o Marítimo.