Casas de férias em árvores e uma aplicação venceram concurso de ideias

Iolanda Chaves

‘Tree Houses - Casas de férias em árvores inseridas na Reserva da Bioesfera, em Santana’ foi a ideia de negócio classificada em primeiro lugar, na 14.ª edição do concurso ‘rs4e – Road Show for Entrepreneurship’, entre os 18 concorrentes do Ensino Secundário. O projeto vencedor é da autoria de alunos da Escola Básica e Secundária Bispo D. Manuel Ferreira Cabral, de Santana.

‘Fast Ticket’, uma aplicação que agrega passes e bilhetes de todas as companhias de transporte, foi a ideia vencedora entre os oito concorrentes do Ensino Profissional. Foi apresentada por alunos da Escola Profissional de Hotelaria e Turismo da Madeira.

No segundo lugar do pódio, entre os concorrentes do Secundário, ficou a ideia ‘Watch Out - Aluguer de pulseira com GPS para segurança em levadas’, de alunos da APEL. Nesta categoria, o terceiro lugar foi atribuído à ‘Pesticontrol - Scanner para analisar níveis de químicos nos vegetais e frutas à venda ao público’, de alunos da Escola Secundária Francisco Franco.

No Ensino Profissional, classificou-se em 2.º lugar a equipa do Conservatório - Escola das Artes Engº Luíz Peter Clode, com a ideia para a criação de uma liga ortopédica com regulação de intensidade automatizada. O terceiro lugar foi para a ‘Safety Trip - Sistema de localização para malas em viagem com recurso a GPS’, também de alunos da Escola Profissional de Hotelaria e Turismo da Madeira.

A final deste concurso foi disputada quinta-feira e sexta-feira, entre 100 alunos e 19 professores de várias escolas da Madeira e Porto Santo, na ilha dourada, precisamente.

Neste programa, desenvolvido pelo Governo Regional, através da Startup Madeira, não faltaram ideias criativas, equipas motivadas e prémios para os vencedores, conforme nos dá conta Carlos Lopes, responsável pela Startup Madeira.

Estiveram a concurso 400 ideias de negócio apresentadas pelos alunos das 115 turmas envolvidas neste ano letivo. Turismo, sustentabilidade, saúde, tecnologia, educação, transportes e atividades culturais foram algumas das áreas de negócios escolhidas pelos participantes.

Foram selecionadas para a fase final 26 equipas (18 do Ensino Secundário e 8 do Ensino Profissional), que partilharam o palco do Centro de Congressos do Porto Santo.

A equipa classificada em primeiro lugar participará num programa de intercâmbio de opinião e experiências em empreendedorismo, a acontecer em Lisboa, no mês de agosto.

Os segundos e terceiros classificados receberam prémios monetários oferecidos pelo Santander e SDM, respetivamente.

Cada equipa, teve cinco minutos para apresentar e defender a sua ideia, perante os jurados e colegas de outras escolas. Além das apresentações, os alunos participaram em várias atividades de grupo, sempre relacionadas com o empreendedorismo e com a inovação.