Caçadores submarinos unem-se contra o lixo na baía do Caniçal

Raul Caires

Cerca de duas dezenas de caçadores submarinos vão juntar-se no próximo domingo para limpar o lixo que jaz no fundo do mar em frente à baía do Caniçal, mais precisamente nas imediações do cais adjacente à rampa do varadouro na vila do Caniçal, em frente ao Bar Amarelo.

A ideia partiu de Tomás Freitas, um entusiasta da caça submarina, após ter ficado impressionado com a quantidade de lixo que constatou estar acumulada numa área tão reduzida.

A iniciativa, que conta com o apoio da Direção Regional do Ordenamento do Território e Ambiente e do Museu da Baleia, deverá arrancar pelas 10:00, depois de uma reunião entre os participantes para acertar os procedimentos quanto à remoção do lixo e sua deposição em terra.

Numa primeira instância, o lixo vai ser objeto de um estudo com fins científicos. Depois será utilizado para acrescentar a uma escultura que está a ser erguida para para sensibilizar contra a poluição marítima.