Crescimento e desenvolvimento da Região contrastam com "ciclo da 'Geringonça'", diz Pedro Ramos

À margem de uma conferência integrada nas comemorações do Dia da Europa, o secretário regional da Saúde destacou a importância da União Europeia, mas também da autonomia no desenvolvimento da Região, considerando que este contrasta com o "ciclo da 'Geringonça' no país".

"Depois de termos atravessado o ciclo dos cereais, ou da cana de açúcar, estamos agora no ciclo da nossa autonomia, que tem permitido o nosso crescimento e desenvolvimento, e que contrasta na sua totalidade com o ciclo da 'Geringonça' no país", disse Pedro Ramos. "A Região tem conseguido progredir e a ajuda europeia tem sido muito positiva nesse sentido."
Sobre a conferência, acerca da relação entre a Madeira e a União Europeia, em matérias da Saúde e Proteção Civil, o governante disse tratar-se de "uma apresentação sobre aquela que tem sido a partilha de conhecimentos entre a Região e a Europa".
"Tem existido uma relação extremamente positiva, e não estou a falar apenas de fundos comunitários que têm ajudado o nosso desenvolvimento. Aproveitamos o dia de hoje para falar do que tem sido a partilha de conhecimentos de peritos da Região e da União Europeia em várias áreas, neste caso a Saúde e a Proteção Civil", explicou Pedro Ramos, apontando três áreas específicas: no âmbito da resposta às situações de exceção, arboviroses e proteção civil.