Calheta recebe programa pujante para homenagear bombeiros

Susy Lobato

O Dia Regional do Bombeiro será assinalado no próximo sábado, na Calheta, um pouco mais tarde do que o habitual por força da tragédia no Caniço que acabou por adiar estas comemorações que estavam previstas para o início do mês.

O programa inicia-se bem cedo, pelas 06h45, com a partida da Chama do Bombeiro do quartel de Câmara de Lobos, passando depois por todos os quartéis da Região, terminando na Calheta.
É neste concelho que as comemorações irão decorrer ao longo do dia 18 de maio.

A partir das 09h30 decorrem as cerimónias na vila, sendo que na parte da tarde está agendado um desfile motorizado pela Avenida D. Manuel I. Junto ao Porto de Recreio da Calheta irá ocorrer uma exposição com veículos e equipamentos dos bombeiros, que poderá ser visitada pela população em geral.
Hoje, na apresentação do programa, o presidente da Federacao Regional dos Bombeiros da RAM, Martinho Freitas, referiu que este será "um evento para dignificar o que os Bombeiros fazem em prol da segurança das pessoas".
Já o presidente do Serviço Regional da Proteção Civil, José Dias, convidou toda a população a estar presente neste momento de homenagem aos profissionais.
Carlos Teles, por seu turno, demonstrou-se satisfeito pelo facto de as comemorações ocorrerem no concelho da Calheta.

O autarca diz que esta é uma forma de homenagear os soldados da paz. "Muita vezes, só nos apercebemos da importância deles nos maus momentos", disse Carlos Teles, dando como exemplo a recente intervenção dos bombeiros da Calheta após a queda da pedra na Vila da Calheta, que vitimou uma jovem cozinheira, bem como na altura dos incêndios e nas intempéries.