Navio de investigação desperta atenção de curiosos na zona oeste (com fotos)

Susy Lobato

A presença de um navio nos mares da zona oeste tem vindo a despertar a atenção de muitos curiosos nos últimos dias.

Dada a sua proximidade às jaulas de aquacultura, na Calheta, houve quem associasse a sua presença à piscicultura.

Mas não. Soube o JM que se trata de uma investigação na área hidrográfica, enquadrada num projeto da Marinha. “É um trabalho perfeitamente normal e faz parte do mapeamento do mar português”, explicou o comandante da Zona Marítima da Madeira, acrescentando que a equipa está a fazer um levantamento para conhecer melhor a tipologia do fundo do mar, um trabalho que irá prolongar-se por, pelo menos, mais dois dias, entre a Calheta e o Funchal.

Trata-se do NRP Almirante Gago Coutinho (A-523), um navio hidrográfico da Marinha Portuguesa que se dedica à investigação e pesquisa e que se encontra ao serviço do Instituto Hidrográfico.

José Luís Guerreiro explicou que estes trabalhos de investigação junto à costa decorrem sobretudo nesta altura do ano.