PCP/M exige «respostas claras» sobre apoios a artesãos

Petra Teixeira

Na arte cerâmica, em particular, no uso público da «mufla existente no IVBAM, como em relação à natureza dos apoios à actividade dos artesãos existentes na Região Autónoma da Madeira surgem diversas expressões de descontentamento e protesto face à ausência de critérios claros e objectivos nos apoios aos artesãos, àquelas que já obtiveram a “Carta de Artesão”».

«Surgem mesmo indicações bem concretas de práticas do IVBAM que em vez de incentivar, promover e desenvolver o artesanato nesta Região Autónoma, mas que, pelo contrário, impossibilitam o prosseguimento da arte artesanal da parte de artesãos com reconhecido percurso nesta área», escreve o comunicado.
Perante esta situação e factos que o Grupo Parlamentar do PCP identificou anteriormente, «quanto a inaceitáveis procedimentos do IVBAM», será requerida, «com urgência», a presença do Governo Regional para que, em Audição Parlamentar, sejam consideradas as práticas do IVBAM e as suas orientações para o sector nesta Região.