Sarna ‘atinge’ Hospital dos Marmeleiros

Em comunicado, o Gabinete de Comunicação do SESARAM fez saber que foi identificada escabiose (sarna) no 3.º piso do Hospital dos Marmeleiros, estando a ser tomadas as medidas adequadas.

É o seguinte o teor do comunicado:

“Na sequência de vários pedidos por parte de alguns órgãos de Comunicação Social, o Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira (SESARAM E.P.E) confirma que foi identificada, no 3.º piso do Hospital dos Marmeleiros, escabiose (sarna). A situação foi identificada num utente vindo do exterior que, por outros motivos clínicos, veio a ser internado.

Após o diagnóstico, foram implementadas as medidas de segurança e controlo preconizadas, de forma a minimizar os efeitos dessa situação junto dos utentes internados e dos profissionais.

Esclarecemos que a escabiose não é uma doença grave. Trata-se de uma lesão cutânea contagiosa, causada por um parasita, que tem por principais sintomas comichão, prurido e erupções cutâneas.

As situações de sarna, embora não desejáveis, podem ocorrer em qualquer espaço público e, se eventualmente for identificada em utentes no Serviço de Saúde da RAM, há que esclarecer que o Serviço está plenamente preparado para tomar as medidas de segurança necessárias para o controlo dessa situação.

Por fim, não podemos deixar de referir que depois de uma semana marcada por uma tragédia, uma situação verdadeiramente preocupante, que mereceu uma atuação plena e eficaz deste Serviço de Saúde, merecedora de reconhecimento regional, nacional e internacional, é de lamentar a importância dada a este assunto (sarna)”.