Madeirenses poderão pagar 86 euros nas viagens entre Madeira e continente antes do Verão

Paula Abreu

Até ao verão, os residentes na Madeira deverão pagar apenas os 86 euros das viagens para o continente, ficando o resto a cargo de um fundo criado pelo Governo Regional, da mesma forma como tem feito em relação aos estudantes.

A notícia foi avançada hoje pela RTP/Madeira, com base em declarações do presidente do Governo Regional, que falava à margem da Festa do Limão.

A única preocupação manifestada por Miguel Albuquerque é que o Governo da República possa não permitir o cumprimento desse objetivo regional e receia ainda qualquer comportamento dos CTT que possa travar a iniciativa.

O governante, que garante que o Governo da República já foi informado deste plano para as viagens dos residentes da Madeira, assegurou que da parte do executivo regional tudo será feito para que os residentes paguem apenas os 86 euros no ato da compra da viagem, à semelhança do que já acontece com os estudantes universitários, que pagam apenas 65 euros, no âmbito do programa ‘Estudante InsuLar’.

“A ideia é avançar rapidamente para ver se antes do verão conseguimos montar um sistema semelhante ao que montamos para os estudantes, no sentido de os madeirenses e portossantenses só pagarem 86 euros através de um fundo”, esclareceu Miguel Albuquerque, admitindo, contudo, que receia pela não autorização do Governo da República.

“Precisamos da colaboração dos Correios para o fazer e de uma autorização do Governo da República. Portanto, vamos avançar com o sistema. Vamos tentar antes do verão concretizar o programa e a única coisa que pode impedir é a autorização do Governo da República ou a influência que o Governo da República possa ter nos CTT”.