Deputados já não vão devolver subsídios

Miguel Ângelo

Os cerca de 50 deputados que entre 2005 e 2011 receberam subsídio de reintegração e subsídio mensal vitalício e que viram o Tribunal de Contas, em 2014, obrigar à sua devolução, já não o terão que fazer.

Isto a avaliar pela decisão tomada pelo Tribunal Administrativo e Fiscal do Funchal acerca da reclamação formulada por um dos parlamentares.

Quase todos os deputados abrangidos pela punição recorreram para o Tribunal e os poucos que não o fizeram foi-nos apenas por razões financeiras.

Saiba mais sobre este o assunto na página 5 da edição do JM de hoje!