Cerca de 300 professores ouviram falar de flexibilidade curricular

Iolanda Chaves

A flexibilidade curricular está na ordem do dia e esta quinta-feira captou a atenção dos cerca de 300 professores que, na Escola Básica e Secundária Gonçalves Zarco, assistiram à palestra da especialista Ariana Cosme.

Segundo o presidente do conselho executivo da escola, Rui Caetano, tratou-se de um momento de aprendizagem para novos desafios que se colocam à Escola.

Em duas palavras, classificou a conferência como "simplesmente brilhante".

A conferência 'Autonomia e Flexibilidade Curricular' foi co-organizada pela escola anfitriã e pelo Sindicato Democrático dos Professores da Madeira. Na plateia estiveram professores da 'Gonçalves Zarco' e sócios do sindicato.

A flexibilidade curricular será também o tema das Jornadas de Educação de Santa Cruz, que vão ter lugar a 26 de março, no Hotel Vila Galé, em Santa Cruz, uma iniciativa que conta com o apoio do JM.

Ariana Cosme é atualmente consultora do Ministério da Educação para o Programa de implementação do novo modelo de Autonomia e Flexibilidade Curricular na Escola e coordena o estudo avaliativo destes anos de pilotagem, implementação e generalização do referido programa.

É também professora na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação na Universidade do Porto onde coordena o Observatório de Vida das Escolas integrado no CIIE-Centro de Investigação e Intervenção Educativas. Doutorada em Ciências da Educação pela Universidade do Porto. Fez um Pós-Doutoramento no campo da Formação de Professores na Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Brasil, onde é professora convidada.

Ariana Cosme é ainda autora de obras que se debruçam sobre a problemática da mediação educativa e pedagógica e a reconfiguração da profissão docente, desenvolve essa reflexão, sobretudo no domínio da Educação Básica, o que justifica a intervenção que, neste âmbito, tem vindo a desenvolver como formadora e consultora de Escolas inseridas em Territórios socialmente vulneráveis, os TEIPs e em Projetos de Inovação Pedagógica (PIPs.).