CDU acusa autarquia e Governo de se esquecerem das zonas altas de Câmara de Lobos

Iolanda Chaves

A CDU acusa a Câmara Municipal e o Governo Regional de esquecimento em relação às zonas altas do concelho de Câmara de Lobos.

Numa iniciativa levada a cabo esta quinta-feira, na freguesia da Quinta Grande, os comunistas apontaram exemplos e vincaram que têm sido os porta-vozes das populações relativamente a a reivindicações que "têm caído em 'saco roto'".

"A estrada que liga o centro da freguesia, ao miradouro do Cabo Girão, a via de acesso ao Sítio das Fontaínhas, são dois exemplos o avançado estado de degradação destas importantes vias de comunicação dentro da freguesia, sendo que é vergonhosa a imagem que passa aos nossos visitantes do estado de abandono da via de acesso ao Miradouro do Cabo Girão", disse Ricardo Lume.

Segundo o dirigente e deputado comunista, "foram colocados recentemente uns remendos nas zonas mais degradadas, mas que só atenuam e adiam uma vez mais a resolução de um problema para o qual a CDU tem alertado inúmeras vezes".

"É de lamentar que o Executivo Municipal de Câmara de Lobos faça propaganda com promessas de novas estradas, quando nem consegue manter convenientemente a rede viária bastante degradada que desespera por soluções", sublinha concluindo que "a CDU continuará a denunciar esta e outras situações até que sejam devidamente resolvidas."