Governo Regional divulga candidatos à obra do novo Hospital Central do Funchal

Lusa

A Secretaria Regional do Equipamento e Infraestruturas (SREI) revelou hoje as oito candidaturas e respetivos consórcios que concorreram à primeira fase da construção do novo Hospital Central da Madeira, um investimento estimado em 350 milhões de euros, tal como já havia avançado o JM, na edição impressa desta terça-feira.

A primeira fase do concurso terminou às 17:00 de segunda-feira, mas a SREI só hoje procedeu à divulgação dos candidatos. A SREI realça, em comunicado, que "esta é a primeira fase do concurso e resume-se à entrega das candidaturas, com toda a documentação económica e financeira, bem como a parte curricular das empresas concorrentes", observando que "a informação será analisada por um júri, composto por sete elementos". Após esta análise, os qualificados serão convidados a apresentar uma proposta de preço para a empreitada efetiva. A SREI espera ter dentro de um mês e meio a qualificação dos candidatos concluída. O novo Hospital Central da Madeira é um Projeto de Interesse Comum e será comparticipado pelo Estado e pela Região, em percentagens de 50% cada. A Tecnovia Madeira Sociedade de Empreitada SA/Teixeira Duarte- Engenharia e Construções S.A; SOCICORREIA-Engenharia S.A./Puentes Y Calzadas Infraestructuras, S.L.U.; AFAVIAS- Engenharia e Construções, SA/MOTA-ENGIL-Engenharia e Construção S.A.; CASAIS - Engenharia e Construção, S.A./Acciona Construcción, S.A. apresentaram candidatura. Também concorreram à primeira fase: ETERMAR- Engenharia e Construção, S.A./Constructora San Jose, S.A./Alves Ribeiro, S.A/Constructora San Jose, S.A.; Domingos da Silva Teixeira, S.A./SACYR Somague, S.A./RIM- Engenharia e Construções, S.A.; Zagope - Construções e Engenharia, S.A./COMSA, S.A./Comsa Instalaciones y Sistemas Industriales SAU/Extraco Construccións e Proxectos, S.A. e José Avelino Pinto- Construção e Engenharia, S.A./Conduril- Engenharia, S.A./Ramalho Rosa Cobetar- Sociedade de Construções, S.A./FCC Construcción, S.A.