Vento obriga aviões a regressar a Lisboa e outro a divergir para Porto Santo

Susy Lobato

O vento está de volta e, com ele, os constrangimentos no Aeroporto da Madeira.

Nesta altura, o voo TP1699, que previa aterrar no Aeroporto da Madeira às 9h20, desloca-se para Lisboa, de onde havia partido.

Entretanto, o avião da Transavia, o HV6629, proveniente de Amesterdão, viu-se obrigado a divergir para o Porto Santo, depois de andar 'às voltas' em Santa Cruz à espera de uma aberta que lhe permitisse aterrar.

Refira-se, contudo, que o vento já se faz sentir na zona do aeroporto desde ontem à noite, visto que o avião da TAP que previa aterrar na Madeira à 1h00 também regressou a Lisboa, cancelando a sua viagem.

O próximo voo, também ele da TAP e proveniente de Lisboa, tem chegada prevista para as 10h50.