Carlos César diz que está na Madeira para "ferver" entusiasmo dos socialistas rumo às autárquicas

Lusa

O presidente do grupo parlamentar do PS na Assembleia da República, Carlos César, disse ontem à noite, no jantar com autarcas socialistas, que estava na Madeira para fazer "ferver" o entusiasmo do partido rumo às eleições autárquicas de 01 de outubro.

"É para fazer ferver o entusiasmo e o ânimo que o PS tem nestas eleições autárquicas", disse, desvalorizando a celeuma provocada aquando da visita do primeiro-ministro, António Costa, à Madeira no final de março onde, à revelia da Comissão Política Regional do PS, reuniu-se, num almoço, com os responsáveis do JPP no final do qual este partido decidiu apoiar a recandidatura de Paulo Cafofo à Câmara Municipal do Funchal.

Carlos César realçou que o PS no plano nacional, na Madeira e nos Açores "deverá reconfirmar a sua implantação como maior partido na Administração Local".

Para o socialista, "o PS está unido, coeso e entusiasmado nesta eleição", concluindo que aquele caso [reunião com o JPP] foi "mais espuma do que maré" apesar de ter provocado, na altura e por discórdia, a demissão de Jaime Leandro, a seu pedido, de presidente do Grupo Parlamentar do PS na Assembleia Legislativa da Madeira, cargo, entretanto, reassumido pelo mesmo.

O presidente do grupo parlamentar do PS na Assembleia da República iniciou hoje uma visita de três dias à Madeira, tendo o programa começado com a passagem num almoço promovido pela União Geral do Trabalhadores (UGT), que reuniu algumas dezenas de pessoas, num restaurante nos arredores do Funchal, assinalando o Dia do Trabalhador.